quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Recomeçar



Aproveitando que vou passar o reveillon na região de Campinas (mais uma vez!) decidi fazer a última postagem do ano num dia que antecede o dia que mais gosto depois do meu aniversário - o 1º dia do ano. Nem eu entendo bem essa minha grande admiração, essa minha vontade de querer curtir a passagem do ano ao máximo, madrugando, bebendo, comendo, brincando de Imagem & Ação, entre outras atividades que me mantém acordado!

Como recebi diversas mensagens bonitas, profundas, interessantes e positivas, achei que postar uma delas seria bacana. Dureza me decidir! Optei por duas que me sensibilizaram um pouco mais, traduzindo muita coisa que penso e desejo. Coincidentemente, as duas escolhidas me foram enviadas por duas amigas que se chamam Cláudia.

A primeira mensagem é da Ana Cláudia Geremias - um texto recheado de coisas positivas e inspiradoras. Também inspiradora foi a letra de uma música do Frejat que a Cláudia Rovani enviou em forma de mensagem de final de ano – gostei da idéia! E claro que postei o clipe da música. Aliás, dois clipes que encontrei no Youtube. O primeiro é o oficial do cantor. O outro achei tão bacaninha que eu não quis deixar de fora.

A postagem ficou longa, mas vale a pena, pois transmite tudo que a gente precisa ouvir, falar, ver, perceber, enfim ter atitude, e assim fazer com que 2009 seja melhor, diferente. Depende de nossa vontade pra mudar, de ousar e de tentar ser mais feliz.


* * *

O NOVO ANO Em menos de um dia estaremos no último dia do ano de 2008...

E depois da meia-noite, virá o Ano Novo... O engraçado é que - teoricamente - continua tudo igual... Ainda seremos os mesmos. Ainda teremos os mesmos amigos.

Alguns estarão no mesmo emprego.

O mesmo parceiro ou parceira.

As mesmas dívidas (emocionais e/ou financeiras).

Ainda seremos fruto das escolhas que fizemos durante a vida.

Ainda seremos as mesmas pessoas que fomos este ano...

A diferença, a sutil diferença, é que quando o relógio nos avisar que é meia-noite, do dia 31 de dezembro de 2008, teremos um ano in-tei-ri-nho pela frente!

Um ano novinho em folha!

Como uma página de papel em branco, esperando pelo que iremos escrever.

Um ano para começarmos o que ainda não tivemos força de vontade, coragem ou fé...

Um ano para perdoarmos um erro, um ano para sermos perdoados dos nossos...

365 dias para fazermos aquilo que quisermos...

Ou para deixarmos que façam o que quiserem conosco... Sempre há uma escolha...


E, exatamente por isso, eu desejo que os meus amigos façam as melhores escolhas que puderem.


Desejo que sorriam o máximo que puderem.

Cantem aquilo que quiserem.

Beijem muito.

Amem mais.

Abracem bem apertado. Durmam com os anjos.

Sejam protegidos por eles.

Agradeçam por estarem vivos e terem sempre

mais uma chance para recomeçar. Agradeçam as suas escolhas, pois certas ou não, elas são suas.

E ninguém pode ou deve questioná-las. E eu gostaria de agradecer aos amigos que eu tenho.

Aos que me 'acompanham' desde muito tempo.

Aos que eu fiz este ano. Aos que eu escrevo pouco, mas lembro muito. Aos que eu escrevo muito e falo pouco.

Aos que moram longe e não vejo tanto quanto gostaria.

Aos que moram perto e eu vejo sempre.

Aos que me 'seguram', quando penso que vou cair.

Aos que eu dou a mão, quando me pedem ou quando me parecem um pouco perdidos.

Aos que ganham e perdem.

Aos que me parecem fortes e aos que realmente são.

* * *

Amor pra recomeçar

Eu te desejo não parar tão cedo
Pois toda idade tem prazer e medo
E com os que erram feio e bastante
Que você consiga ser tolerante
Quando você ficar triste
Que seja por um dia, e não o ano inteiro
E que você descubra que rir é bom
Mas que rir de tudo é desespero
Desejo que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda exista amor pra recomeçar
Pra recomeçar
Eu te desejo muitos amigos
Mas que em um você possa confiar
E que tenha até inimigos
Pra você não deixar de duvidar
Quando você ficar triste
Que seja por um dia, e não o ano inteiro
E que você descubra que rir é bom
Mas que rir de tudo é desespero
Desejo que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda exista amor pra recomeçar
Pra recomeçar
Eu desejo que você ganhe dinheiro
Pois é preciso viver também
E que você diga a ele, pelo menos uma vez
Quem é mesmo dono de quem
Desejo que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda exista amor pra recomeçar
Pra recomeçar



3 comentários:

Anônimo disse...

Márcio, adorei seu blog! Vou passar sempre por aqui
Está de parabéns!!
Amei o texto que vc colocou da sua amiga!!
Super bjo,

Jaqueline Drumond

Ana Luisa disse...

Nossa!! Tudo lindo e maravilhoso!! O texto da sua amiga é perfeito! A letra que enviaram e que você nos prestigia colocando com musica e clipes e tudo, foi demais!! Não vou me cansar de assistir a ambos!
Que bom que postou os dois!
Beijos

Sérgio disse...

De fato, belo texto e a música é muito boa. Quase fiquei em dúvida em qual clipe iria preferir. Mas fico com o oficial, mais leve, mais solto e o final tem cara de cinema, não tem? rs
Abraços