quinta-feira, 23 de abril de 2009

O tempo




O tempo não tem pressa,
não manda recado,
muito menos regressa,
na vida dos apressados.

O tempo não tem morada,
vive no espaço da humanidade,
não chora lágrima derramada,
nem dá um adeus pra saudade.

O tempo não tem sentimento,
é sempre justo e implacável,
não fala de aborrecimento,
tampouco é amável.

O tempo não conhece os fatos,
viaja ao lado do sol e da lua,
caminha na noite dos boatos,
e atravessa o dia na rua.

O tempo não conhece a natureza,
não trabalha e nem tem idade,
o tempo vive ao lado da tristeza,
e ignora a felicidade.

O tempo não para no porto,
não faz acordos com ninguém,
não apita na curva,
e jamais espera alguém.


Angelo Sansivieri

6 comentários:

Luna disse...

O tempo pode ser nosso melhor amigo, e nosso pior inimigo.
Podemos ganhar muito, ou perder ,prá näo voltar a recuperar.
Pode passar muito depressa,ou demáis devagarinho.

Façamos dêle nosso aliado e nossa vida passará mais feliz, mais intensa, cheia de prazer...
Um beijinho,
Bela poesia.

Ana Luisa disse...

Como você mesmo afirmou por aqui: estamos tão atarefados, tão afoitos, querendo fazer tantas coisas, que o tempo parece ter encurtado ao longo dos anos. Essa poesia retrata bem o quanto ele nos ignora ou o quanto o ignoramos. Boa escolha.
Beijos

Sérgio disse...

Como o estresse da vida me causou problemas que até evito comentar, comecei a dar tempo ao tempo. Agora levo uma vida mais regrada, mais devagar. O tempo me ensinou a ser assim, demoprou, mas enfim aconteceu.
Agora uma cobrança: onde estão suas postagens de filmes?! Você já deve ter percebido que sou tão cinéfilo quanto você, certo? Gosto de tudo que você posta aqui, sempre tem coisa boa, mas tenho que confessar, fico mais feliz quando tem postagem de filme! rs
Então: POSTA MAIS SOBRE FILMES!!! rs
Abraços

Anônimo disse...

cara, q poesia legal. "vive ao lado da tristeza e ignora a felicidade". é por aí mesmo! parabéns pela escolha. beijinhos Samantha

Marcello disse...

esse sérgio tb é esperto. vc postou td sobre o tempo em abril. q maneiro! tenho certeza q foi de próposito, te conheço, mas tb quero saber se vc tem algo com o tempo. sei lá, de repente, isso te incomoda... rs valeu, amigo. abraço

Priscila disse...

Tempo...
Mesmo intocável, estamos sempre querendo mais e mais dele.