quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Uma singela homenagem





José Saramago: um escritor de muitas vírgulas, poucos parágrafos e poucos pontos finais. Sua sabedoria deixou aos seus leitores muitos dois pontos. Seus livros serão eternos; seu estilo, único.

Com esta frase ganhei um livro do Saramago, “O Evangelho segundo Jesus Cristo”. Uebaaa!!

Foi num concurso cultural promovido pelo Jornal Metro, em homenagem ao escritor. Inclusive, a campanha desta promoção tem uma frase muito bacana: “A melhor forma de homenagear um revolucionário da escrita como José Saramago é não colocar um ponto final em seu legado.”

Neste concurso a frase tinha que ter no máximo trinta palavras. Parecia que estava digitando mo Twitter, tendo que me limitar. Ah, eu estava tão empolgado! Até me lembrar das regras. Com tantas alterações que fiz, nessa coisa de apagar aqui, mudar ali, sobrou pouca coisa, mas funcionou. Consegui passar a mensagem que queria, afinal alguém do jornal entendeu. Uou.

Ainda não li este livro, mas faz parte da lista faz um tempão. Agora não tenho desculpas. Li poucas coisas dele, mesmo assim virei um grande fã. O primeiro que li foi “O conto da ilha desconhecida”, que é simplesmente fantástico. Qualquer dia eu conto algo sobre ele.

Bom, mais um livrinho pra coleção. Mais um pra fila. Que está bem loooonga... Ô Jesuis!...

4 comentários:

Marcello disse...

Marcião, cara, q legal! merecido!! parabéns1 a frase é bem bacana, e tinha q ter esse toquinho seu, né? "muitos dois pontos", bem sacado! aproveitou pra falar do estilo dele e complementou adjetivando, fazendo justiça e homenageando, td ao mesmo tempo. bacana. e essa sua lista? enorme mesmo!! mas é menor q a minha, já q leio bem menos q vc!! kkkkkkkk abração

Ana Luisa disse...

Olá, Marcio. Adorei a nova cara do blog! E essa foto junto com o título do blog é bem legal! Parabéns pelo prêmio e pela frase, tudo a ver com o Saramago. Também li "O Conto da Ilha Desconheceida" e considero um dos mais belos livros que li, com um contexto filosófico muito interessante, além de ser uma ótima história de amor. Beijos

LUNA disse...

MÁRCIO, fiquei muito contente de te ver de novo no meu blg.
Puxa vida estoy pensando que näo faz tanto tempo, o que acontece é que, além de trocar os dois a imagem do blog, é que tantas coisas trocaram na minha vida, que este tempo parece uma eternidade...


Parabéns por encontrar a palavra certa no lugar preciso e com isso, acertar e ganhar um premio....

Saramago é um escritor portugués mito conhecido na Espanha, bem sabe você que êle morava aqui...

Seus livros säo muito lidos qui.
Eu também sou uma forofa sua.
Mas êle näo morreu.
Cuando nós amamos a uma pessoa, ela mora sempre viva na nossa lembrança.

Um beijinho querido amigo.

Samantha disse...

menino, q bacana essa frase. e parabéns pelo prêmio. mas to sentindo falta das suas recomendações literárias, de filmes, tá paradão no tempo, é? hehehehe vê se corrige isso, hem?? hehehe beijinhos