quinta-feira, 31 de julho de 2008

Saudade


Saudade é um pouco como fome. Só passa quando se come a presença. Mas às vezes a saudade é tão profunda que a presença é pouco: quer-se absorver a outra pessoa toda. Essa vontade de um ser o outro para uma unificação inteira é um dos sentimentos mais urgentes que se tem na vida.

Clarice Lispector

3 comentários:

Ana Luisa disse...

Sabe tudo!!!

Sérgio disse...

Sempre quis ler Clarice Lispector, já passei da hora. Esse texto é mjuito bom, profundo pacas!

Marcello disse...

muito bom!!! tem livro dela pra emprestar? rs