sábado, 25 de outubro de 2008

Vôo






Alheias e nossas, as palavras voam.
Bando de borboletas multicores, as palavras voam
Bando azul de andorinhas, bando de gaivotas brancas,
as palavras voam.
Voam as palavras como águias imensas.
Como escuros morcegos como negros abutres, as palavras voam.
Oh! alto e baixo em círculos e retas acima de nós,
em redor de nós as palavras voam.
E às vezes pousam.



Cecília Meireles

3 comentários:

Ana Luisa disse...

Não disse?! Encontrar Cecília Meireles por aqui não é nenhuma surpresa! É um prazer! E que foto!! Achei legal você colocar textos sobre as palavras, assim, bem próximos. Muito bom.

Sérgio disse...

Márcio, agora entendi! Primeiro o texto da Cecilia Meireles, depois do Saramago. E nem foi comparação. foi contastação! Parabéns!

Anônimo disse...

márcio, vc continua judiando de nós!! rs me apaixonei! e pela foto tbem! rs bjus Samantha