domingo, 30 de novembro de 2008

Encostar na Ana




Eu não tenho dúvidas de que “o Brasil é um país de cantoras”. Mesmo que essa afirmação possa ter se tornado um clichê, ela é muito verdadeira. Tenho uma lista enorme de cantoras nacionais das quais sou fã. Espero postar alguma coisinha de cada uma delas por aqui. Na verdade, o país vai muito bem de cantoras, de cantores, de músicos e de compositores, obrigado.

Ana Carolina é considerada uma das melhores compositoras e cantoras. Eu estava escutando no meu carro o álbum Perfil e quando cheguei em casa coloquei o clipe da música Encostar na Tua (o mesmo que postei aqui), que pertence ao mesmo álbum. Sempre que ouço essa canção, sempre que assisto ao clipe eu me emociono. Não somente com esta canção – com todas. Porém, ela tem algo a mais para mim. Toca bem fundo. Revolve as areias do tempo.

Acredito que pra muita gente esta música pega no coração, mexe com qualquer um. Outras também, pois a Ana Carolina diz verdades avassaladoras e absolutas em suas letras. Mesmo quando a letra não é dela, é claro. Ela tem uma maneira peculiar de cantar, carrega com tanto sentimento, com tanta emoção – uma emoção que cutuca, diverte, entristece, incomoda, invade, desmistifica, nos desconstroi. Às vezes, assusta. Preste atenção em suas letras e como ela canta. Vai me entender.

Assim como vai me entender se prestar atenção quando ela diz “Eu quero te roubar pra mim / Eu que não sei pedir nada”. Também tem outro trecho que merece mais atenção: "Eu só quero saber em qual rua / Minha vida vai encostar na tua.” Não. Esquece. Preste atenção na letra toda, isso sim!


Eu quero te roubar pra mim
Eu que não sei pedir nada
Meu caminho é meio perdido
Mas que perder seja o melhor destino

Agora não vou mais mudar
Minha procura por si só
Já era o que eu queria achar
Quando você chama meu nome
Eu que também não sei aonde estou
Pra mim que tudo era saudade
Agora seja lá o que for

Eu só quero saber em qual rua
Minha vida vai encostar na tua

Eu só quero saber em qual rua
Minha vida vai encostar na tua

Eu quero te roubar pra mim
Eu que não sei pedir nada
Meu caminho é meio perdido
Mas que perder seja o melhor destino

Agora não vou mais mudar
Minha procura por si só
Já era o que eu queria achar
Quando você chama meu nome
Eu que também não sei aonde estou
Pra mim que tudo era saudade
Agora seja lá o que for

Eu só quero saber em qual rua
Minha vida vai encostar na tua

Eu só quero saber em qual rua
Minha vida vai encostar na tua

E saiba que forte eu sei chegar
Mesmo se eu perder o rumo
E saiba que forte eu sei chegar
Se for preciso eu sumo

Eu só quero saber em qual rua
Minha vida vai encostar na tua

Eu só quero saber em qual rua
Minha vida vai encostar na tua

Eu quero te roubar pra mim...



5 comentários:

Marcello disse...

fala, Marcião! voltei! hehehe e q gostoso encontrar esse clipe depois de tanto tempo sem ouvir essa cantora maravilhosa! valeu!! a letra pega, ta doido!! conhece o trabalho novo dela? se sim, depois me conta o q achou, ok? e essa coisa de revolver a areia do tempo, hein? saquei, cara! rs bacana abs

.:Eglezita:. disse...

Concoooordo PLENAMENTE, ela é demais! Já ouviu " É Mágoa" da Ana Carolina? MARAVILHOSA!!!
Tem show dela sexta ( 19) na red!

Priscila Souza disse...

Olá, também concordo com você, tanto Ana quanto as músicas dela, nos dá a sensação de sinceridade.Sempre que escuto me arrepio

Ana Luisa disse...

Márcio, meu querido, estou sem palavras! Você tem muita qualidade nos seus gostos! E que coisa é essa de nos oferecer esse clipe??!! Adorei! Amei!
Essa Ana é demais mesmo! Canta com uma paixão raramente vista ou sentida!
Mais uma vez, obrigada!
Beijos

Sérgio disse...

Nunca fui muito de ouvir as músicas dela, mas depois do que vc escreveu, do clipe que postou, depois de prestar mais atenção na letra e no sentimento dela cantando e depois dos comentários acima, acho que vou mudar de opinião! Depois eu conto! rs